fbpx
Agende sua consulta agora

A IMPORTÂNCIA DA ROTINA AO CARDIOLOGISTA

Compartilhe este conteúdo

Existem várias especialidades médicas que, infelizmente, costumamos recorrer somente diante da necessidade e não como um processo de prevenção. Sendo o cardiologista quem trata do sistema cardiovascular, ou seja, do coração e dos vasos sanguíneos, pessoas classificadas como grupo de risco devem incluir a ida a esse especialista em seu check-up anual.

PRINCIPAIS RAZÕES PARA AGENDAR UMA VISITA AO CARDIOLOGISTA

COLESTEROL ALTO

O aumento do colesterol não causa sintomas e pode ser difícil de controlar. Como um dos fatores de risco mais significativos para doenças cardíacas, manter os níveis de colesterol sob controle é de extrema importância.

DOENÇA CARDÍACA CONGÊNITA NA INFÂNCIA

Um equívoco comum entre aqueles que nasceram com doença cardíaca congênita (DCC), é que, uma vez que ela foi corrigida na infância, o cuidado contínuo não é necessário. Isso não é verdade, pois a qualidade de vida dos adultos que fizeram cirurgia de doença arterial coronariana (DAC), quando criança, aumenta significativamente quando acompanhado por um cardiologista especializado durante a vida adulta.

HISTÓRIA DA FAMÍLIA

As doenças cardíacas podem ter um forte componente genético. Faça algumas pesquisas, faça um gráfico de sua árvore genealógica e faça perguntas aos membros de sua família sobre seu histórico de saúde. Se você notar um padrão de doença cardíaca, incluindo colesterol alto e pressão alta, tome uma atitude! Vá a um médico, faça um exame.

HISTÓRIA DA PRÉ-ECLÂMPSIA

De acordo com pesquisas, as mulheres que tiveram um histórico de pré-eclâmpsia – pressão alta durante a gravidez ou no período pós-parto – têm o dobro do risco de doenças cardíacas. O risco pode ser ainda maior para aquelas que dão à luz bebês prematuros ou sofrem dessa condição mais de uma vez.

HISTÓRIA DE TABAGISMO

Fumar em qualquer momento da vida aumenta o risco de desenvolver doenças cardíacas. Se você é ou já foi fumante, marcar uma consulta com um cardiologista pode não ser má ideia.

INICIANDO UMA NOVA ROTINA DE EXERCÍCIOS

É recomendável que aquele que vai dar início a atividades físicas consulte um médico antes de começar a praticar exercícios de intensidade moderada ou alta. A recomendação é ainda maior para aqueles que tem doença cardíaca, doença renal ou diabetes tipo 1 ou tipo 2. Um cardiologista pode verificar se há qualquer condição cardíaca oculta que torne desaconselhável praticar exercícios intensos demais.

PACIENTE COM CÂNCER OU SOBREVIVENTE

Cardiologistas especializados em cuidar de pacientes com câncer, recomendam que todos os pacientes com câncer e sobreviventes marquem uma consulta para examinar o coração. Isso ocorre porque certos tratamentos contra o câncer, em alguns casos, podem danificar o coração ou sobrecarregar os músculos e vasos sanguíneos do coração.

PRESSÃO ALTA

As verificações regulares da pressão arterial devem ocorrer a partir dos 30 anos. Se sua pressão arterial está tendendo a subir, ou talvez sempre tenha estado alta, é crucial que você a mantenha sob controle. A pressão arterial elevada é um forte fator de risco para doenças cardíacas e derrame.

TER DIABETES

Uma pessoa com diabetes tem duas a quatro vezes mais probabilidades de ter doenças cardíacas do que aquele que não tem diabetes, pois a doença é um dos sete principais fatores de risco controláveis ​​de problemas cardíacos.

A PREVENÇÃO

À medida que envelhecemos e os fatores de risco aumentam, exames gerais de cardiologia são recomendados. Como a doença coronariana se desenvolve gradualmente e frequentemente em um ritmo lento, os exames de rotina podem ajudar a prevenir a progressão da doença. Portanto, se você estiver experimentando sinais relacionados a doenças cardíacas, vá a uma consulta com cardiologista imediatamente. Não espere que os sintomas desapareçam. Reduza a probabilidade de acidente vascular cerebral visitando seu cardiologista para um check-up de rotina. Vá ao especialista! Principalmente se estiver inserido dentro das razões acima citadas ou caso apareçam sintomas como:

  • Dor no peito,
  • Falta de ar devido a esforço,
  • Palpitações,
  • Perda de consciência frequente.

Geralmente, é o clínico geral que encaminha o paciente ao cardiologista, quando julga necessário. Porém, é perfeitamente possível ir direto a uma consulta com cardiologista para avaliar a saúde de seu coração, se assim desejar. O fato é que muitos males podem ser detectados em seus estágios inicial, evitando consequências, na maioria das vezes fatais.

O QUE FAZER ANTES DA CONSULTA

É importante anotar tudo que está sentindo para relatar ao cardiologista. Os sintomas podem ou não estar relacionados à doença arterial coronariana, mas você deve revelar todas as anormalidades ao seu cardiologista para que possa ser determinado se estão relacionadas ou não. Não esqueça de anotar para relatar:

  • Histórico familiar de doença cardíaca,
  • Medicamentos que esteja tomando,
  • Seu histórico médico,
  • Suas dúvidas quanto as doenças cardíacas,
  • Todos os sintomas que está sentindo.

Não esquecer de reunir e levar, caso existam, os últimos exames laboratoriais, eletrocardiograma e etc. Além disso, se um familiar ou amigo puder acompanhá-lo à consulta, geralmente é recomendável que o faça, pois o acompanhante pode ajudar a lembrar as orientações médicas, e até mesmo anotar informações úteis.

OUTROS CUIDADOS IMPORTANTES

  • Controle o seu peso e o tamanho da sua cintura,
  • Durma sete a oito horas por noite,
  • Faça uma dieta saudável para o coração, com baixo teor de gordura animal e rica em fibras,
  • Parar de fumar,
  • Reduzir o consumo de álcool,
  • Reduzir o estresse, aprenda a relaxar.

É claro que, embora seja importante ir a um cardiologista, também é importante fazer mudanças no estilo de vida para melhorar a saúde do coração. Muitos dos fatores de risco acima para doenças cardíacas podem ser eliminados com algumas alterações simples. Nunca é tarde para começar um plano de mudanças onde o objetivo seja uma vida mais saudável!

SOLUMEDI

Consultas e exames que cabem no seu bolso!